HOME  |  ARTIGOS  |  CASOS  |  QUEM SOMOS  |  OPUS COMENTA  |  DICIONÁRIO  |  PARECE OVNI  |  LINKS  |  CONTATO

 


Caso São José III


1. Introdução

O caso a seguir foi relatado à OPUs pela mesma testemunha dos casos São José 1 e 2, que identificaremos por Sr. LF, residente no bairro São José, na cidade de Araraquara.


2. Relato


Dia 6 de janeiro de 2001. Costumeiramente, o Sr. LF acorda cedo. Neste dia, ao sair de casa, por volta de 5h30min da manhã, notou ao sul da cidade, do lado direito de uma aeronave que acabara de decolar, a presença de uma luz de cor laranja.

Segundo a testemunha, a luz não acompanhou a aeronave: simplesmente apareceu e logo em seguida sumiu rapidamente, sem esboçar qualquer tipo de movimentação.


3. Análise


O ponto de luz avistado pela testemunha sugere como explicação um avião.

Dado o horário e a forma como o Sr. LF descreveu o ponto luminoso (um ponto de luz laranja próximo ao avião), existe a possibilidade de ser um outro avião a uma distância vários quilômetros, movimentando-se no sentido oposto ao da observação, dando a impressão de estar parado no céu.

Próximo ao nascer do Sol e dependendo da altura da aeronave, é provável que esta tenha sido iluminada pela estrela. Dada a grande distância do provável avião e o sentido percorrido em relação ao observador, este poderia ter visto a aeronave apenas como um ponto de luz parado no céu.

Além disso, o fato de o céu estar limpo no dia favoreceria o avistamento das luzes pertencentes a uma possível aeronave.


4. Conclusão


Pela análise deste terceiro relato, a OPUs sugere que se tratou de um avião a vários quilômetros de distância.

Um episódio muito semelhante já foi devidamente esclarecido como sendo um avião. Na Amazônia, uma luz misteriosa, praticamente parada no céu, assustando moradores da região, era um Boeing 737 da Varig pousando em Porto Velho, a 32 km de distância do local do avistamento. Este caso foi apresentado em uma série de TV do jornalista Bill Curtis, no canal de TV por assinatura A&E Mundo.